Executivo e Legislativo conquistaram evolução na nota, mas ainda há muito trabalho a ser feito, dizem voluntários do OSB-Limeira

Desde abril de 2019, os voluntários do Observatório Social do Brasil – Limeira realizam o monitoramento da percepção de transparência da Prefeitura e da Câmara Municipal. Mas há exatamente um ano esse trabalho subiria um importante degrau, com a implantação do Índice de Percepção de Transparência Municipal, o IPT-M. Trata-se de um mecanismo desenvolvido pelo próprio OSB-Limeira, reconhecido depois como uma boa prática pelo Sistema OSB nacional e que, devido à sua eficiência, passou a ser adotado pelos membros dos Observatórios de várias outras cidades.

A metodologia consiste no monitoramento dos Portais da Transparência dos poderes executivo e legislativo pelo Grupo de Trabalho Transparência com base em checklists que seguem os critérios da Controladoria Geral da União (CGU) e do Ministério Público Federal (MPF). Esse acompanhamento resulta em relatórios bimestrais, que são publicados no site do OSB-Limeira, e em ofícios enviados à Prefeitura e à Câmara com recomendações de melhorias, de forma detalhada, em seus portais.

O relatório mais recente, relativo aos meses de maio e junho, traz um incremento, destacando a relação de ofícios enviados ao Poder Público, classificados em “respondido e concluído”, “assunto em andamento” e “não respondido”. Essa busca pelo aperfeiçoamento constante do IPT-M tem sido perseguida desde a sua implantação, em junho de 2020. Nesse período, observam os voluntários do GT Transparência, o efeito da aplicação do índice já pôde ser sentido na prática, com os portais de transparência de Limeira cada vez mais abertos e consistentes para uso da população.

RESULTADO EXPRESSIVO

No primeiro mês em que o IPT-M foi utilizado, há um ano, a média das notas alcançadas pelo Executivo e pelo Legislativo foi de 79 pontos. Em maio deste ano, os dois poderes chegaram a 83,65 pontos e, em junho, a 89 pontos, portanto 10 a mais que o resultado obtido na aferição de estreia. Essa foi a maior média histórica do IPT-M desde sua implementação. “Com isso, fica claro um resultado positivo do projeto de monitoramento da transparência municipal”, avalia Luciano Faber, presidente do Conselho de Administração do OSB-Limeira.

Faber ressalta que o aperfeiçoamento da metodologia de apuração dos dados extraídos dos monitoramentos nesse período pode ter colaborado para esse aumento expressivo. Os voluntários do GT Transparência destacam ainda que, apesar desse resultado, há muito trabalho a ser feito pela Prefeitura e pela Câmara em busca da nota máxima, de 100 pontos. Os diversos itens nos quais a divulgação dos dados pode ser melhorada foram informados por meio de ofícios, que inclusive podem ser consultados por qualquer cidadão aqui.

Porém, mesmo com melhorias a serem realizadas pelo Poder Público, vale ressaltar que Limeira está muito bem colocada no ranking geral da Escala Brasil Transparente – Avaliação 360° da CGU. A cidade se encontra atualmente na 27° posição geral de todo país, com 9,73 pontos, No Estado de São Paulo, fica atrás somente de Sorocaba, que soma 9,8 pontos.

SOBRE O OSB

O OSB é um espaço para o exercício da cidadania, democrático e apartidário, e que já se encontra presente em 150 municípios de 17 Estados brasileiros. Atua na prevenção da corrupção, controle e monitoramento dos gastos públicos, utilizando uma metodologia padronizada, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

INVESTIDORES SOCIAIS DO OSB-LIMEIRA

Atlas, ACIL, Nosso Clube, Valor Ambiental, BluePex, Sicredi, Prevseg, Alfadimmi, Sicoob, Quality, GF Lanternas, Cozinha da Família, Don Francesco Pizzaria, PrevMed, Helpmóvel, Auto Peças Motoristas, Data System, Realen Folheados, Wise, Pralana, AirZap, Plant Defender, Fiat Impéria, Doutor Imposto de Renda, Data Smart, Solutions BI e Presscom Comunicação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *