Arquivo para Tag: licitações

Com foco em iniciativa que prepara empresários para licitações, Agosto Transparente termina nesta quarta

Parceria entre OSB-Limeira e ACIL, LicitACIL será explicado em detalhes na live de encerramento, aberta a todos os interessados Leia mais

LICITACIL, em parceria com o Sebrae-SP, capacita grupo de empresários para formação de preço de venda

Workshop com especialista sobre o tema recebeu empreendedores que pretendem participar de licitações

O dia 31 de março foi de importante aprendizado para o grupo de empresários que integram a turma piloto do LICITACIL, iniciativa da parceria entre o Observatório Social do Brasil – Limeira e a Associação Comercial e Industrial de Limeira (ACIL) que tem como objetivo disponibilizar aos empreendedores limeirenses um ecossistema de serviços voltados às compras públicas, possibilitando uma nova fonte de faturamento às empresas da cidade.

Os oito empresários, representando indústria, comércio e serviços, participaram de um workshop, na ACIL, com Geraldo Melare, consultor do Sebrae-SP, que abordou o tema “Formação de preço de venda”. Luciano Faber e Raul Groppo, respectivamente presidentes do Conselho de Administração e do Conselho Consultivo do OSB-Limeira, e dirigentes da ACIL também estiveram presentes.

Especializado na área de custos e formação de preço de venda, Melare levou para o encontro conceitos voltados a melhorar a competitividade dos empresários limeirenses que já participam ou pretendem participar de licitações. Os participantes saíram da capacitação com atualizações de conceitos sobre formação de preço de vendas em licitações, bem como com ferramentas e simuladores para revisar suas oportunidades de negócio nesse ambiente com gigantesco potencial.

Além de olhar para dentro de suas empresas utilizando as novas ferramentas, o OSB-Limeira também recomendou aos empresários que analisassem os concorrentes através dos dados disponíveis no painel Licitação Transparente, no site da instituição. Lá, eles podem comparar os preços de produtos e serviços praticados pela Prefeitura de Limeira nos últimos quatro anos e, deste modo, avaliar detalhadamente quais ajustes em suas margens poderiam ser considerados para que consigam participar de licitações em breve.

QUALIFICAÇÃO DAS EMPRESAS

As primeiras etapas do LICITACIL tiveram início em janeiro, com o convite aos empresários para o projeto-piloto. Desde então, a equipe da iniciativa, contando com parceiros especializados, vem qualificando os dados dessas empresas por meio de diagnóstico de documentação financeira, econômica, fiscal e contábil, comparando-os com as rigorosas exigências do Poder Público para o empresário que pretende participar de licitações.

Com base nessas análises documentais, o LICITACIL e seus parceiros vêm apoiando os empresários em orientações e adequações, visando qualificar e organizar todos os documentos exigidos regularmente em editais de licitação conforme perfil e segmento de cada empresa. Os empresários convidados para esse piloto estão se reunindo mensalmente em encontros que buscam identificar as oportunidades de negócios voltadas ao Poder Público.

“Nossas ações no LICITACIL giram em torno de três questões básicas: se as empresas podem participar de licitações, que produtos ou serviços são viáveis para concorrer nos certames e quanto dinheiro está envolvido em cada oportunidade”, esclarece Groppo. “Respondendo a elas, podemos identificar se compensa ou não para cada empresa investir nas licitações”.

Já Faber lembra que o Poder Público de Limeira compra mais de R$ 180 milhões ao ano. Contudo outros milhões de reais estão na mesa de negociação todos os dias, quando se somam as esferas municipal, estadual e federal, no Executivo, Legislativo, Judiciário e autarquias. “Após a pandemia, nota-se que os pregões estão migrando cada vez mais para o formato eletrônico, ampliando bastante esse espaço de participação de empresários em licitações em qualquer parte do Brasil”, avalia.

RETROALIMENTANDO A ECONOMIA LOCAL

Além da possibilidade de aumentar seus lucros, o empresário limeirense que busca vender para o Poder Público ajuda a movimentar a economia local, gerando emprego, renda e consumo, com mais dinheiro circulando na cidade. “Quanto mais empresários se prepararem para o futuro das licitações, mais competitivo se torna o processo”, afirma Faber. “E quanto maior for essa disputa, mais segura, mais transparente e mais justa será a competição”.

O LICITACIL é a evolução de uma parceria entre OSB, ACIL e outras instituições que, desde 2018, vem realizado várias ações e projetos com o objetivo de retornar as compras públicas à cidade, preparando e incentivando a participação de empresas limeirenses nas licitações locais. Isso já vem rendendo resultados na prática. Um exemplo é a capacitação gratuita de 150 empresas, gerando um retorno de R$ 7 milhões para Limeira através das licitações.

Essas iniciativas também receberam reconhecimento pelo Sebrae, que concedeu, em 2019, o troféu de 1º lugar na categoria “Compras Governamentais de Pequenos Negócios” para o projeto “Estimulando os micro e pequenos empreendedores”. O LICITACIL segue um planejamento que visa envolver cada vez mais empresários no mundo das licitações. Uma segunda turma já está sendo formada e os interessados em participar podem conseguir mais informações pelo e-mail contato@licitacil.com.br.

SOBRE O OSB

O OSB é um espaço para o exercício da cidadania, democrático e apartidário, e que já se encontra presente em 150 municípios de 17 Estados brasileiros. Atua na prevenção da corrupção, controle e monitoramento dos gastos públicos, utilizando uma metodologia padronizada, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

INVESTIDORES SOCIAIS DO OSB-LIMEIRA

Atlas, ACIL, Nosso Clube, Valor Ambiental, BluePex, Sicredi, Prevseg, Alfadimmi, Sicoob, GF Lanternas, Cozinha da Família, Don Francesco Pizzaria, PrevMed, Helpmóvel, Auto Peças Motoristas, Data System, Wise, Pralana, AirZap, Plant Defender, Fiat Impéria, Doutor Imposto de Renda, Data Smart, Solutions BI, Life Circo, Renove, Roque Imóveis, DrogaLim, Aspen Investimentos e Presscom Comunicação.

Participação do empresariado local nas compras realizadas pela Prefeitura de Limeira cresce 7%

Parceria do OSB-Limeira com outras instituições faz com que retorno à cidade passe em 3 anos de R$ 20 para R$ 27 a cada R$ 100 investidos

A participação de empresas de Limeira nas licitações municipais deu um salto significativo nos últimos três anos. Levantamento da Coalizão Municipal para Licitações, uma parceria do Observatório Social do Brasil – Limeira com a Prefeitura e algumas das mais importantes instituições da cidade, mostra que, em 2018, para cada R$ 100,00 utilizados em compras pelo Poder Público municipal, apenas R$ 20,53 ficavam com o empresariado local. Em 2020, este número já está em R$ 27,34.

A Coalizão, que teve participação de SEBRAE, ACIL, Senai, Senac, Sesi e APECL, realizou, entre junho de 2018 e março de 2020, a capacitação de 157 pessoas para participação em licitações públicas, o que resultou em um aumento do interesse dos empresários locais nesse tipo de certame. Essa iniciativa resultou, inclusive, no Prêmio Estadual “Prefeito Empreendedor”, que Limeira ganhou em 2019.

A cada ano, a administração municipal dispende mais de R$ 100 milhões em compras. Em 2018, do total investido pela Prefeitura, R$ 123,4 milhões foram para empresas de outras cidades, enquanto R$ 31,8 milhões ficaram em Limeira. Essa relação, em 2019, foi de, respectivamente, R$ 100,5 milhões e R$ 29,9 milhões. Neste ano, até 31 de julho, o empresariado local ficou com R$ 15,1 milhões, contra R$ 40,1 milhões que saíram do município.

Raul Groppo, presidente do Conselho de Administração do OSB-Limeira, enumera uma série de benefícios que essa evolução da participação dos empresários locais nas compras públicas traz para a cidade. Primeiramente, porque quando se aumenta o número de pessoas preparadas para participar de licitações, mais cresce a concorrência, o que traz economia para o município, além de possibilitar mais transparência em todo processo licitatório, reduzindo as chances de corrupção.

CUSTO X BENEFÍCIO DO OSB-LIMEIRA

“Se o fornecedor que ganhou a concorrência for local, facilita o acompanhamento da entrega ou da realização do serviço”, acrescenta Groppo. “Além disso, a compra pública retorna à economia local, fomentando mais negócios em nossa cidade”. E o presidente destaca ainda mais um ponto: “Ao fornecer para o Poder Público local, o empresário está realizando uma atividade de cidadania e ampliando seus canais de venda, o que, na crise pela qual passamos, é algo bastante bem-vindo”.

Se as compras públicas de 2019 e 2020 forem comparadas com as de 2018, chega-se à conclusão de que foram praticamente R$ 7 milhões a mais circulando em Limeira do que o valor esperado se não houvesse essa iniciativa da Coalizão. “Levando-se em conta que a receita do OSB-Limeira neste mesmo período foi de R$ 72 mil, concluímos que, para cada R$ 1,00 investido na nossa instituição, R$ 96,00 retornaram para a economia local”.

Groppo lembra que o Observatório Social do Brasil conta com a Escola da Cidadania, uma solução de ensino à distância cuja proposta é trazer, de forma acessível, cursos e qualificações a cidadãos, empresários e servidores públicos em diversas áreas, incluindo licitações e compras governamentais.

Mais informações sobre a Escola da Cidadania aqui.

SOBRE O OSB

O OSB é um espaço para o exercício da cidadania, democrático e apartidário, e que já se encontra presente em 150 municípios de 17 Estados brasileiros. Atua na prevenção da corrupção, controle e monitoramento dos gastos públicos, utilizando uma metodologia padronizada, com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

INVESTIDORES SOCIAIS DO OSB-LIMEIRA

Atlas, ACIL, Nosso Clube, Valor Ambiental, BluePex, Sicredi, Prevseg, Alfadimmi, Sicoob, Quality, GF Lanternas, Cozinha da Família, Don Francesco Pizzaria, PrevMed, Helpmóvel, Unimed e Presscom Comunicação