Giro OSB #01, um programa que irá reunir as principais notícias do Observatório Social do Brasil!
Está muito bacana, não perca! Assista, comente, deixa seu gostei, se inscreva no canal do Observatório e ative o sininho para receber o aviso sempre que um novo vídeo for ao ar!
https://youtu.be/hHKXmYS589
Giro OSB #01 – Reunião Mensal, Novas Medidas, Licitação para empresas

Foi realizada nos dias 03 e 04 de julho de 2018 e contou com aproximadamente 20 participantes.
Capacitação ministrada pelo senhor Carlo Eduardo Mercadante, Consultor do Sebrae-SP, resultado da parceria e articulação entre Prefeitura Municipal de Limeira, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Turismo e Inovação, com o apoio da Associação Comercial e Industrial de Limeira – Acil, do Observatório Social e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – Ciesp.
Destinou-se exclusivamente para participação de MEI (Micro Empreendedor Individual), ME (Micro Empresa) e EPP (Empresa de Pequeno Porte) com vistas para orientá-las para participação nas compras governamentais do município.
Excelente capacitação com carga horária de 16 (dezesseis) horas distribuídas em dois dias, das 9h às 17h (intervalo de 1h para almoço), na sede da Acil, à rua Santa Cruz, 647.
Próxima turma prevista para Agosto/18. Participação Gratuita & Reservas Limitadas !!!

O Observatório Social de Limeira apoia e está ajudando na divulgação do 10º Concurso de Desenho e Redação com o tema “Ser honesto é legal!”, promovido pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). A iniciativa visa despertar nos estudantes, de escolas públicas e privadas de todo o país, o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à convivência cidadã, por meio do incentivo à reflexão e ao debate nos ambientes educacionais.
Desde o ano passado, os procedimentos de participação são totalmente eletrônicos.
A inscrição é gratuita e deverá ser realizada, pela instituição de ensino, no sistema disponível no Portalzinho da Criança Cidadã. A ferramenta gera um código de inscrição, que deve ser salvo pela escola, para retomar e editar informações a qualquer momento. Dessa forma, o envio dos trabalhos pode ser feito gradualmente conforme produção pelos estudantes.

A Diretoria do Observatório Social de Limeira decidiu aderir à campanha da Transparência Internacional, das 70 medidas contra a corrupção – fizemos o cadastramento no primeiro dia do lançamento.
Para saber mais sobre o assunto, clique no link abaixo e leia a matéria na íntegra:
http://osbrasil.org.br/transparencia-internacional-lancou-as-70-novas-medidas-e-se-une-a-coalizao-de-entidades-em-campanha-nacional-anticorrupcao/
Agradecemos a todos que visitaram nosso estande na Fenacil (Feira de Empreendedorismo e Negócios da Acil – Associação Comercial e Industrial de Limeira). E, parabenizamos ao grupo de jovens empreendedores da Acil pela iniciativa e coragem por acreditar e fomentar negócios e empreendedorismo em nossa cidade e região. Parabéns!!! Contem conosco na busca incessante de um país melhor, mais justo, apartidário, democrático e empreendedor!

No último dia 26 de abril foi realizada, na seda da Associação Comercial e Industrial de Limeira, a segunda capacitação dos voluntários que acompanham as sessões ordinárias da Câmara Municipal, desde 2017. Evento contou com a palestra da voluntária Lizy A.T. Sampaio e depoimento do voluntário Luis Lotério sobre o correto preenchimento do formulário padrão para registro das sessões, bem como conduta do voluntário, como observador.

*Transformando indignação em atitude !
27/02/2018 16:29:00 – Assessoria de Imprensa – Câmara Municipal de Limeira

A Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara realizou nesta terça-feira, 27 de fevereiro, audiência pública sobre o cumprimento das Metas Fiscais do terceiro quadrimestre de 2017. O evento atende ao disposto na Lei de Responsabilidade Fiscal e foi apresentado pelo secretário de Fazenda, José Aparecido Vidotti, representando o Executivo.
Segundo Vidotti, tanto as receitas do município, como as despesas, estão dentro das metas estabelecidas para o período. Ele também afirmou que na saúde e na educação foram aplicados recursos superiores aos estabelecidos como obrigatórios pela Constituição Federal.
Fazem parte da Comissão de Orçamento que presidiu a audiência: vereador Nilton Santos (PRB), presidente; Helder do Táxi (MDB), vice-presidente; Waguinho da Santa Luiza (PPS), secretário; Carolina Pontes (PSDB) e Lu Bogo (PR), membros.
Receitas e despesas
As receitas orçamentárias do município são divididas em duas partes: receitas correntes, compostas pelos recebimentos de tributos, contribuições, patrimônio e etc., e as receitas de capital, que são provenientes de operações de crédito, alienação de bens, entre outros. De acordo com a meta, o valor arrecadado seria de aproximadamente R$ 845 milhões, porém o valor real recebido foi de cerca de R$ 827 milhões, ou seja, quase R$ 17 milhões menor que o planejado.
Já as despesas, que representam todos os gastos do município para manter os serviços que atendem à população, foram estimados em cerca de R$ 920,5 milhões. Mas o valor real gasto até o terceiro quadrimestre de 2017 foi de aproximadamente R$ 817 milhões.
No comparativo, as receitas aumentaram em cerca de 4,83% de 2016 para 2017, e as despesas também sofreram aumento de 2,15% no mesmo período. De acordo com Vidotti, apesar de apresentar crescimento na receita, se for considerada a inflação do período, houve uma involução no valor.
Saúde e educação
Quanto aos valores aplicados na saúde e na educação, o secretário disse que a Prefeitura aplicou um valor superior à porcentagem estabelecida como obrigatória pela Constituição Federal. De acordo com o texto, o município deve aplicar 15% do total da receita na área da saúde. Conforme Vidotti demonstrou, o valor aplicado no período foi de aproximadamente R$ 121 milhões, ou seja, 21,27% da receita.
Na área de educação, a porcentagem aplicada foi de 25,56%, sendo que o obrigatório seria de 25%. O total investido foi de aproximadamente R$ 145 milhões.
Lei de Responsabilidade Fiscal
A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que, até o final dos meses de maio, setembro e fevereiro, o Poder Executivo deverá demonstrar e avaliar o cumprimento das metas fiscais de cada quadrimestre em audiência pública.
Fonte: http://www.limeira.sp.leg.br/imprensa/noticia.php?id=8772

No último dia 05 de fevereiro a Câmara Municipal de Limeira realizou a primeira sessão ordinária de 2018.
Lembramos que, todas as sessões estão disponíveis através do link:
https://www.youtube.com/user/camaradelimeira/videos
Demais informações, também, poderão ser obtidas no site da Câmara Municipal de Limeira:
http://www.limeira.sp.leg.br/index.php